Junte-se à nossa newsletter.
Aberto 7h-1h Ver localização
Aberto 7h-1h
A nossa história
Mercado3.jpg 1952
história
Inaugurado a 21 de setembro de 1952, juntamente com outras obras que vieram enriquecer a então vila, a construção do Mercado teve um duplo objetivo: descongestionar o antigo campo da feira (atual Praça D. Maria II), e tornar esse espaço mais agradável e com melhores condições de higiene.

O Mercado surgiu na sequência da feira, uma vez que se situa na Praça D. Maria II, onde a feira se situou até meados do século XX, e desde cedo teve uma grande importância no desenvolvimento da vila, sobretudo pelo fator económico.
O Mercado Municipal começou a ser construído em 1950, sob alçada do presidente da Câmara Álvaro Folhadela Marques, tendo o edifício sido projetado pelo arquiteto Júlio José de Brito em 1948.

Foi inaugurado, inicialmente, apenas com alguns comerciantes, e só com o passar do tempo, nomeadamente a 15 de março de 1953 é que abriu ao público na totalidade para venda de carne, peixe, produtos agrícolas, entre outros.

Esta foi uma obra que veio transformar a cidade e satisfazer as necessidades dos munícipes, tendo recebido vários elogios pelo seu “aspeto acolhedor” e pela “praticidade com que foi concebido”.
03_bg triangles
04_down-triangle
1948
É anunciado o projeto final para o Mercado Municipal. O autor foi o arq. Júlio José de Brito, também responsável pelo projeto do Hotel Garantia. O estilo arquitetónico é o Português Suave, e predominam elementos tradicionais aliados a alguma severidade, caraterística da linguagem usada pelo Estado Novo. É evocada a casa tradicional pela cobertura em telha com beiral e torreão. Os portais são compostos por elementos classicistas, pilastras, volutas, fechos nos vãos e cornija. O portal principal encontra-se no gaveto da Praça e a Rua Capitão Manuel Carvalho, e para o assinalar é usado o brasão do município e ainda um torreão encimado por um catavento, projetando alguma monumentalidade.
1952
O Mercado é inaugurado a 21 de setembro de 1952. A sua ocupação não foi imediata. Arrancou com alguns comerciantes no volume principal ocupado por estabelecimentos. Só com o passar do tempo viu o seu espaço ocupado na totalidade para venda de carne, peixe, produtos agrícolas e outros.
05_up-triangle
04_down-triangle
1953
O Mercado Municipal é aberto com todas as suas valências e ocupação total a 15 de março.
Década de 1990
Elaboração de um projeto de remodelação e ampliação do Mercado Municipal da autoria do arquiteto Manuel Fernandes de Sá. Mantém intacto o corpo principal do mercado, voltado para a Praça D. Maria II e propõe a demolição dos telheiros e anexos existentes no terreiro voltado para a Praça Mouzinho de Albuquerque, construindo aí um “novo” mercado.
05_up-triangle
04_down-triangle
2017
Aprovação do ante-projeto de reabilitação do Mercado Municipal elaborado pela equipa de arquitetura da Câmara Municipal, em reunião de vereação de 25 de maio.
2019
Apresentação do projeto de remodelação do Mercado Municipal, da autoria da equipa de arquitetura da Câmara Municipal. Segundo a Memória Descritiva do Projeto, a intervenção visa a recuperação e valorização do edificado existente e a construção de um novo corpo (Pala) que cumprirá, por um lado, a função de abrigo do mercado permanente e cíclico e, por outro, a função de uma nova frente urbana para a Avenida Marechal Humberto Delgado e Praça Mouzinho de Albuquerque. O recinto será dividido em várias zonas, com espaço para o mercado permanente com usos como talhos, peixarias, frutarias e flores; com espaços para o mercado cíclico que servirá para os pequenos produtores que fazem a venda eventual dos seus produtos; mas também para eventos como showcookings. Haverá ainda espaços para a restauração com esplanadas cobertas e ao ar livre, um espaço ajardinado com espelhos de água e zonas de estar e de lazer. Em julho iniciaram-se as obras.
05_up-triangle
04_down-triangle
2021
A nova Praça – Mercado Municipal de Famalicão é inaugurada a 25 de abril de 2021.
Inauguração do Mercado Municipal
21 de setembro de 1952
Missão e valores
O Mercado Municipal tem como missão ser um espaço congregador da diversidade transversal do concelho, um espaço de negócios (mercado de trocas), um local de sociabilização (mercado encontro) e de aprendizagem e partilha de saberes (mercado escola).
Ao Mercado Municipal estão associados um conjunto de valores, nomeadamente da multifuncionalidade, convivialidade, frescura, proximidade, seletividade, confiança, diversidade, inovação, experimentação e sustentabilidade, os quais visam, para além da promoção do espaço comercial, realçar as experiências globais.
espaços e serviços
O Mercado Municipal é um espaço essencialmente comercial, mas com várias outras valências, e foi desenhado ao pormenor com o objetivo de se afirmar como marca do concelho de Vila Nova de Famalicão.

A Praça – Mercado de Famalicão é constituída por cerca de 3700 metros quadrados e tem ao dispor da comunidade e do público em geral, uma panóplia de serviços, desde a área mais tradicional do mercado de frutas, flores, carne e peixe, até à zona da restauração e das lojas.
É composta por lojas exteriores localizadas nas zonas comerciais junto à Praça D. Maria II e tem, o seu interior, dividido em vários espaços distintos:
A «Praça de Alimentação», área destinada a atividades de restauração e similares, com esplanada coberta e ao ar livre, na qual se localizam um restaurante, com lugares sentados no seu interior e cinco espaços de restauração com serviço ao balcão;
A área do Mercado Permanente, dotada de lojas de interior equipadas com vitrines e espaços/áreas de bancas, é o local onde encontramos os Talhos, Peixaria, Frutas e Legumes, Flores e Velas, e outros negócios com espaço permanente de venda;
A área do Mercado dos Lavradores, dotada de lugares de ocupação ocasional destina-se a pequenos produtores, agricultores, criadores e lavradores, que pretendam vender, a título ocasional, produtos da sua própria produção;
Para além destas, a Praça Mercado de Famalicão dispõe ainda de um espaço de Cozinha Experimental; Áreas de Apoio ao Mercado, Áreas de Apoio à Administração e Gestão , assim como espaços de uso comum.
11_triangles
© 2021 Praça Mercado Famalicão.
Design by U lah lah, brought to life by YouOn.